Reduzimos gradualmente e de forma suave a velocidade final nos cantos com comandos E fáceis de ler

Estas duas linhas definem a taxa de alimentação inicial. Esta taxa de alimentação precisa ser estabelecida antes que qualquer comando E de velocidade gradual comece.

Esta linha contém um comando E que aumenta gradualmente e de forma suave a taxa de alimentação de 3,62 pol/min inicial até o valor normal da velocidade de corte (dos ajustes de qualidade selecionados no ProNest) de 9,05 pol/min em um segmento de linha de 0,075 pol de comprimento. Nota: é necessário colocar um espaço entre o valor de comprimento e o comando E.

Esta linha diminui gradualmente e de forma suave a taxa de alimentação estabelecida previamente de 9,05 pol/min para 3,62 pol/min em um segmento de linha de 0,04 pol de comprimento. Este é o último segmento antes do canto e o valor de 3,62 pol/min representa o valor da Velocidade final de canto.

Esta linha aumenta gradualmente e de forma suave a taxa de alimentação de volta para o valor normal da velocidade de corte de 9,05 pol/min a partir do valor estabelecido anteriormente da Velocidade final de canto de 3,62 pol/min em um segmento de linha de 0,04 pol de comprimento. Este é o primeiro segmento de linha após o canto.

Repita esta técnica para cada canto.

 

Comandos E retiram estriamentos causados em uma abordagem escalonada

Sem variação

Variação escalonada

Variação suave (códigos E)