O custo total do sistema inclui o custo da fonte de alimentação e da tocha (ou cabeça de corte no caso do jato de água e laser), além do custo da mesa de corte ou robô, Controlador Numérico Computadorizado (CNC), software de programação e outros produtos como controle de vapores, tratamento de água, remoção e reciclagem de abrasivos, e assim por diante. De modo geral, os sistemas de oxicorte têm o menor custo de investimento em equipamento, seguido pelo plasma e jato de água, com os sistemas a laser tendo normalmente o maior custo de investimento.

O custo total de um determinado tipo de sistema de corte pode variar amplamente. Por exemplo, o custo de uma mesa de corte X-Y de dois fabricantes diferentes pode ser muito diferente, até mesmo quando ambas as máquinas usam exatamente a mesma fonte de alimentação a plasma, tocha, controle de altura, CNC e software de programação da Hypertherm. Nesses casos, é importante entender os motivos por trás da diferença. Uma das mesas oferece um controle de movimento superior? Uma das máquinas é um produto mais durável ou confiável? Um dos fabricantes oferece treinamento, manutenção e assistência após a venda superiores?

 

A seguir, considerações ambientais