Atualizar ou melhorar a sua operação de corte pode ajudar a aumentar os lucros reduzindo os custos, aumentando a produção ou ambos. Dependendo dos seus objetivos, você pode ser capaz de melhorar a sua operação através de simples passos como mais treinamento para operadores ou atualizações modestas de software e hardware. Outros melhoramentos podem necessitar de um investimento mais significativo em uma nova tecnologia de corte ou uma nova máquina de corte.

Muitas vezes você pode identificar áreas de melhorias em potencial observando gargalos e outros custos ocultos ocorrendo tanto acima quanto abaixo da operação de corte.

Gargalos

Onde estão os gargalos em sua operação de fabricação?

  • Se as suas estações de corte manual são um gargalo, você pode ser capaz de melhorar a produção investindo em máquinas que oferecem maiores velocidades de corte ou adicionando capacidade de corte automatizado à sua operação.
  • Se você já automatizou e a sua mesa de corte é o gargalo, você pode ser capaz de aumentar a produtividade atualizando software ou hardware ou trocando um processo mais lento como oxicorte por um processo mais rápido como o plasma HyDefinition®. Trocando uma programação de peças on-line no CNC para uma programação off-line usando um produto como o ProNest®2017 pode aumentar significativamente o seu tempo de corte real, aumentando a produção. E não ignore a importância do treinamento de operadores ou tecnologias como SureCut™ que integra experiência na operação de corte.
  • Se você possuir gargalos (ou simplesmente gastar muito tempo e dinheiro) em operações secundárias, melhorar a qualidade de corte pode reduzir a necessidade de pulverização, chanfros secundários ou outras etapas secundárias. Há muitas maneiras de melhorar a qualidade de corte — de investimentos modestos em treinamento de operadores e atualizações de software, controle de altura ou tochas e consumíveis, até o investimento em uma nova máquina de corte com um controle de movimento superior.

Você também poderá trazer algumas dessas outras operações, como chanfros ou corte de orifícios, para a mesa de corte através de melhoramentos de software e hardware. Por exemplo, utilizando as tecnologias True Bevel™ ou TrueHole® da Hypertherm.

Identificar custos ocultos

Ineficiência e desperdícios no fluxo de valor do corte também oferecem oportunidades para melhoramento. Fontes comuns de desperdícios — e custos — incluem rotatividade de operadores e os custos de treinamento associados, baixa utilização de materiais, baixa qualidade de peças que precisam ser recicladas, administração excessiva de materiais, tempo de paralisação das máquinas, software complexo demais, ineficiência de energia, utilização não otimizada de consumíveis e até mesmo terceirizando trabalhos que poderiam ser administrados internamente de maneira mais econômica.

Observe além da máquina de corte

Você pode encontrar oportunidades importantes de melhoramento em níveis acima ou abaixo da máquina de corte. Por exemplo, investindo em um software CAD/CAM avançado usado em programação de peças off-line, uma atividade de nível superior, você pode ser capaz de aumentar a utilização da máquina de corte eliminando o tempo de paralisação que resulta da espera da programação no CNC. Esse mesmo investimento também pode aumentar a utilização de materiais, levando a menos desperdício — um grande custo na maioria das operações de corte.

Observando o nível inferior, você pode estar gastando desnecessariamente tempo e dinheiro em ferramentas mecânicas e trabalho para preparar peças para goivagem ou pintura. Investir em melhoramentos na qualidade de corte pode reduzir a necessidade de operações secundárias como pulverização e chanfros, permitindo que você aumente a produção de peças acabadas, não apenas o número de peças saindo de sua mesa de corte ou robô.