O primeiro passo em avaliar as suas necessidades de corte é ter um bom entendimento dos seus objetivos de negócio a curto e longo prazo. Ninguém quer cometer o erro de gastar dezenas de milhares de dólares em um equipamento fundamental que não dá conta do trabalho ou se torna obsoleto logo após a compra. Idealmente, o seu próximo sistema de corte será capaz de acompanhar um mercado que está crescendo e mudando — um investimento que atende as suas necessidades atuais, e permite que você se prepare para o futuro com confiança.

Aqui estão algumas perguntas que devem ser feitas ao avalias as suas necessidades de corte:

  • Quais são os seus requisitos de qualidade de corte e tolerância de peças?
  • Qual tipo e espessura que precisa ser cortado?
  • Qual é o seu requisito de produtividade? Quantas peças por dia, centímetros por turno, etc. que precisam ser completados?
  • Qual é o custo operacional desejado?
  • Você precisa reduzir o consumo de energia ou atender outras metas ambientais?
  • Quais são os seus requisitos de segurança?
  • O quanto de flexibilidade de fabricação você precisa?
  • Você espera internalizar trabalhos terceirizados?