A oficina de fabricação acelera a remoção do esqueleto com a tocha longa Duramax Hyamp

Publicado em 29/06/2017
Publicado por Hypertherm

O problema

Uma oficina de fabricação de metal, Hokes Bluff Welding & Fab em Hokes Bluff, Alabama, USA, usava uma tocha manual com oxiacetileno para cortar esqueletos depois do corte mecanizado, um processo que era ineficaz e demorado. Pior ainda, o operador começou a sofrer problemas nas costas por trabalhar longas horas encurvado sobre a mesa.

A solução

A oficina substituiu o oxicorte por um sistema a plasma Powermax105® e tocha longa de 1,2 m Duramax® Hyamp™, com melhorias imediatas na produtividade e segurança do operador.

O operador Billy Cherry relata, “Amei a tocha longa. É muito mais rápida em comparação com oxicorte e eu não preciso mais carregar um acendedor no bolso para acendê-la, como eu fazia com a tocha de oxicorte. E evita que eu machuque minhas costas por não precisar mais me curvar. Eu arrasto o corte pelas bordas do esqueleto. Ela corta tão rápido quanto a HPR260XD®. O corte de recortes pode ser feito logo após o corte de um perfil e eu posso carregar outra chapa com pouco de tempo de paralisação.”

Benefícios

Sistemas a plasma a ar Powermax® compatíveis e tochas longas Duramax Hyamp fazem a combinação perfeita para limpeza após corte mecanizado mais seguro e mais rápido — resultando em uma operação mais lucrativa.

  • Segurança: A tocha longa Duramax Hyamp permite que o operador fique em pé no piso próximo à mesa com uma postura natural, evitando problemas ergonômicos e eliminando o risco de queda. Não é necessário se curvar e nem ficar de joelhos ou se debruçar na mesa.
  • Produtividade: Além de maior velocidade de corte, a descarga mais rápida do esqueleto significa mais tempo de corte no CNC e maior produção, renda e lucros para a empresa.
Publicado em 29/06/2017
Publicado por Hypertherm