O sistema a plasma Powermax45® XP é uma ferramenta ideal para diversas aplicações de marcação de metal amplamente utilizadas, tais como:

  • Números de identificação de peças
  • Linhas de marcação para localização de solda ou curvaturas
  • Marcação para aplicações de perfuração

Projetado especificamente para oferecer um arco plasma estável de baixa corrente usando o bico de goivagem de precisão e o bocal de marcação, o sistema pode fazer marcações de alta qualidade utilizando uma tocha manual ou mecanizada, com ar ou argônio como fonte de gás.

Perfis de marcação leve e pesada

Em linhas gerais, há dois tipos diferentes de perfis de marcação: leve e pesada. Geralmente, a escolha depende de a marcação ser vista no produto final. Se a marca precisa ser visível depois de uma pintura, por exemplo, uma marcação pesada é melhor. Para identificadores de peças temporários que não serão necessários depois da montagem final, uma marcação leve provavelmente é uma escolha melhor, já que pode ser facilmente removida com uma lixa ou coberta com uma camada de tinta.

Diversos parâmetros do sistema Powermax45 XP podem ser ajustados com facilidade para obter diferentes profundidades de marcação, larguras e aparências em vários tipos de metal, por exemplo:

  • Uma corrente de saída baixa de 10 A produz uma marcação leve.
  • Uma corrente de saída mais alta de 15 a 25 A gerará uma marcação mais pesada.
  • Velocidades mais baixas de movimento da tocha em conjunto com uma distância da tocha à obra menor aumentarão a largura e a profundidade da marca.
  • Velocidades mais altas de movimento da tocha com uma distância da tocha à obra maior diminuirão a largura e a profundidade da marca.
Marcação de metal usando ar leve Marcação de metal usando ar pesado

Marcação de metal usando ar leve

Marcação de metal usando ar pesado

Ar ou argônio?

A escolha entre ar ou argônio também causará impacto na largura e na aparência da marca em tipos diferentes de metais. O argônio propicia marcas mais rasas e estreitas e um produto final mais limpo. O ar oxida a superfície de metal, produzindo pequenas quantidades de escória e uma marca um pouco mais áspera que o argônio. Ele também deixa uma camada escura de metal oxidado na superfície de metal.

Todavia, o ar oferece uma grande vantagem: é relativamente mais barato. O custo elétrico para produzir ar comprimido é uma fração do preço do argônio em cilindros. Quando o argônio é necessário, a tecnologia de detecção de gás automática no Powermax45 XP ajuda a reduzir o consumo de gás no modo de goivagem/marcação, oferecendo economias significativas quando comparado a outros sistemas de marcação a plasma.

Marcação de metal usando argônio leve Marcação de metal usando argônio pesado

Marcação de metal usando argônio leve

Marcação de metal usando argônio pesado

 

Os vídeos abaixo apresentam o sistema Powermax45 XP em uma mesa de CNC fazendo marcações leves e pesadas em diferentes tipos de metal.

Conteúdo relacionado